sexta-feira, 27 de março de 2009

Você ama alguém?

Eu sim!


E não estou falando da mamis não!


Amo sim uma pessoa. Algo intenso e sem a menor explicação. Algo que me faz perder o apetite (calcula que é sério mesmo), me deixa sem dormir, faz com que eu perca a atenção, pare de fazer coisas importantes. Sabe quando você sente que é!? É assim. Lembra quando olhávamos pra uma estrela e fazíamos um pedido? Essa pessoa é meu desejo atendido.

Amo essa pessoa ao ponto de ficar feliz de só ouvir sua voz. Queria poder abraçá-la e dizer olhando em seus olhos o quanto é especial e o quanto ela significa pra mim!

Mas (como sempre) estou com medo!

Já ouviu o ditado: "Gato escaldado tem medo de água fria!"´

Esse é bem o meu caso!

Tô apavorada pra dizer bem a verdade. Quero estar com essa pessoa porque a amo, porque sinto sua falta (dos beijos, dos abraços, dos carinhos, das longas conversas sobre assuntos intermináveis, das madrugadas ao telefone e toda aquela coisa melosinha de casal: Ah... desliga você... ok!), porque faria qualquer coisa pra estar ao seu lado. E é aí que mora o perigo, fazer qualquer coisa!

E o que mais me apovora é não ter a certeza de que seja recíproco. Talvez um dia já tenha sido, mas hoje, o que essa pessoa realmente quer? Eu sei o que quero, contudo, quem sou eu pra decidir que essa pessoa deva me amar, me ver como uma companheira, me pegar no colo quando eu precisar, puxar minha orelha quando houver necessidade, caminhar lado a lado (seja no sentido literal ou não) e toda aquela coisa de casal que todos já conhecem.

Sim, sou covarde.

Queria viver apenas meu Conto de Fadas... afinal o Príncipe do Cavalo Branco existe... pena que não é meu.

Quem sabe!?

sexta-feira, 6 de março de 2009

Uns com tanto...


e outros com tão pouco!


Acabei de assistir Vampire Knight (são dois DVD's somando 26 episódios) e vou dizer que algo me deixou revoltada!


A Yukii foi embora e deixou o Zero! -.-


Ai gente, o Zero é um tudo!


Eu quero um Zero pra mim!!! Que Kaname-sama que nada!


Arrasada Yukii!



quinta-feira, 5 de março de 2009

Faculdade...

haja saco!

Pode passar o tempo que for, algumas coisas não mudam!
Um exemplo clássico: A minha falta de paciência e total controle sobre minha língua!
Comecei o curso recentemente, já perdi duas semanas de aula, por conta disso e notei nitidamente quem são as pessoas que vão me tirar do sério!
Gente, acorda por favor!
Eu odeio gente tchonga... nossa como elas me irritam. Como sou nova, nem posso me manifestar. A manifestação máxima da minha insatisfação é um revirar de olhos. Tenho que parecer simpática, sorrir, acenar, afinal sou a aluna nova, tenho que ser carismática e ganhar a todos!

Vejam se não estou com a razão:
  • A aula de Legislação Trabalhista, virou aula de consultoria jurídica. O assunto era, empregado e empregador, descambou para demissão por justa causa. Sem contar os "causos" que aconteceram com a amiga de um amigo meu ou com minha amiga. Bom senso? Hein!?
  • A aula de comunicação empresarial falava sobre filtrar as informações. E adivinhem qual foi a questão que merecia o Oscar? "Como é esse filtro?" Conhece o ditado "Deus não dá asa a cobra." pois é, cabe bem a minha pessoa. Faltou pouco pra eu dizer: "É mellita colega, tamanho 12, tá!?

Tem condições de ser doce assim? Não tem por onde!