segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Pense magra...

seja magra!

A partir de agora esse será meu mais novo lema.

Hoje tenho uma pança desenvolvida graças há uma vida pachorrenta e desregrada que eu mesma cultivei ao longo dos anos da minha feliz e divertida existência (ah vá!?).

Todos que já leram meus posts, sabe que não dou a mínima para o peso e para a opinião de nossa sociedade hipócrita que prega (e nos força) a magreza como padrão de beleza.
Convenhamos, a mulher brasileira não tem seu biotipo como os das asiáticas e muito menos das européias. Somos encorpadas e cheia de curvas.
Mas, se não formos magrinhas as roupas não nos cabem! Porque os infernentos do fabricantes acreditam que as roupas caem bem melhor nas magras!!!
Nada contra quem é magra, por favor, não estou criticando o tipo físico de ninguém...
Mas hoje, quem veste a partir do 44 já é considerado "gordinho(a)".
O.M.G!!!!
Isso me deixa muito irritada!
Pois se quem veste 44 é "gordinho" eu sou imensa!!!! O.O

Enfim, não vou emagrecer por causa de roupa e nem por causa dos padrões de belexa alheio.
Preciso pois está afetando minha saúde, mais especificamente meu joelho.

Então, a partir de hoje, vocês vão acompanhar as agrurias de uma mulher de 29 anos (nada de piadinhas) que tenta desesperadamente emagrecer e tem um namorado que adora comer e que por irônia do destino não engorda -.- eu mereço!!!

Um comentário:

Renata disse...

Vou fazer a dieta junto com vc p te apoiar, tá?
Me manda as dicas! rs

Beijos