quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

E está chegando...

o ano novo.

Pois é.
É nesse momento em que você olha pra trá e diz: "Maluco, quanta merda eu fiz!!!" ou "Que ano maravilhoso que eu tive!" ou ainda "Preciso melhorar e muito!".
Sim, o momento propício para revivermos mentalmente todas nossas conquistas e derrotas e fazer um planejamento para o ano seguinte.

Ok. Isso é o que as pessoas normais fazem. Eu não HÁHÁHÁHÁHÁHÁHÁ
Não faço isso por um simples motivo: Vivo um dia de cada vez.
Sou uma pessoa neurótica por natureza. Se fizer o raio do planejamento (aquela malfadada lista de resolução do final do ano) eu vou fazer daquilo minha vida e muito provavelmente, se não conseguir realizar alguma coisa vou me frustrar e frustração no meu caso, leva a depressão e convenhamos, não é nada, nada divertido.
Mas, pra você, que é uma pessoa normal e equilibrada, fazer uma lista de coisinhas para o próximo ano é tudo de bom. Desde que você coloque coisas que com um pouco de esforço ou não, você possa alcançar.
Sim porque nada acontece em nossa vida sem esforço e trabalho.
Não adianta você colocar na sua lista "Eu vou emagrecer 10kg" se não controla sua alimentação, ou "Vou ser promovido" se não trabalhar duramente pra isso (ou não, vai saber XD). O mesmo vale para "Não estou satisfeito com meu emprego", oras, se não está satisfeito procure outro melhor ou faça algo para melhorar o ambiente em que está.
O maior problema com a chegada do novo ano é que as pessoas acreditam que tudo vai mudar, mas na maioria das vezes não fazem nada, só esperam.

Preciso contar uma coisa pra vocês: SÓ O ANO MUDOU, VOCÊ CONTINUA A MESMA PESSOA. SEU CARÁTER É O MESMO, SUA PERSONALIDADE É A MESMA, SEUS IDEAIS SÃO OS MESMOS E PASMEM SUA FAMÍLIA NÃO MUDOU. (salvo os casos em que a pessoa passa por um programa de proteção ou sofre de distúrbio de múltipla personalidade).

Não quero dizer que não tenho esperanças de que coisas boas possam advir do novo ano. Mas se não formos os agentes de mudanças das nossas próprias vidas, dificilmente coisinhas boas virão até nós.

O importante é não ser vítima dos contratempos e sim protagonista da sua felicidade!

E é isso que desejo a todos!!! Que sejam felizes e não se martirizem com suas listinhas de final de ano. Vivam um dia de cada vez e vejam como tudo fica mais simples e leve. Não somatize problemas dos outros, cada um tem o seu. E respirem. Nada como uma boa oxigenação ;]


Beijinhos e até a próxima!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Ah...

o natal...

Tem época mais consumista??? Claro que não!!!
As pessoas compram desvairadamente, lotam as lojas do comércio popular e dos shoppings, que fazem suas promoções (e pra mocinhas) e tudo fica uma grande e fedida merda! Sim, porque não tem condições de andar nas ruas, o trânsito fica insuportável, o metrô lota e o shopping, nem vou comentar.
Para piorar, acho que existe um complô entre os idosos, sim porque eles acham de pegar metrô/ônibus/lotação bem cedinho!!! Com suas sacolonas e seus carrinhos de feira, cutucando a gente com vontade. E ai se olhar pra qualquer um deles com cara feia. Pronto, armou o fuzuê! Sem contar que eles não sentam nos bancos reservados. Das duas opções uma:

1- Se sentar no banco reservado vai ter hemorróida;
2- Se sentar no banco comum, guarda lugar "pras amiga".

Notem, não sou contra idosos andar no transporte público coletivo. Mesmo porque eles tem incentivo para isso. Mas me irrita, P.R.O.F.U.N.D.A.M.E.N.T.E, o fato de eles saírem tão cedo de casa. Poxa, a maioria já é aposentada. Por que, cargas d'água, eles saem tão cedo de casa???

Sugestão de natal:

"Queridos idosos do meu Brasil varonil, façam mais sexo! Assim vocês dormem mais, ficam mais felizes e não ajudam a lotar o metrô as 7hs da manhã." (é disso que eu tô falando minha geeeeeeente!!!!)


 
Voltando ao assunto da semana: Natal.

Outra coisa que é típica de Natal. Comer.

Gente, preciso contar uma coisa pra vocês:

 [momentodesabafo] Existe vida pós 25 de dezembro. Eu sei, a realidade é dura, mas você não precisa comer o mundo e palitar o dente com o galho da árvore de natal.[/momentodesabafo]

As pessoas passam o dia cozinhando, pra ter aquela mesa farta, e quando dá meia noite, quiçá chegar até lá, parece a praga do Egito, os gafanhotos vem e comem tudo desesperadamente.
Helloooooo, dia 31 tem mais honey.

Pra cada religião o Natal tem um significado. Não vou entrar em detalhes, mesmo porque não estou no clima de pesquisa. Mas para a comunidade cristã, na qual docemente estou inserida, é a comemoração do nascimento de Jesus. 
Incrível não!? 
Interessante que a maioria das famílias se esquecem disso e pensam somente nos presentes e na mesa farta.

Então, seja lá qual for sua religião, lembre-se que o Natal não é só presente, perú e manjar/pudim/panettone. É um momento de alegria, de estar com a família, de celebração e de felicidade. Não deixe que o consumismo tome conta de uma data tão cheia de significado e promessas de coisas boas.

Desejo a todos um feliz natal.

  

sábado, 11 de dezembro de 2010

Festa da empresa...

é disso que eu "tô" falando minha gente!!!!

Em mais uma edição da festa de confraternização da indústria vital, tive um vislumbre da estupidez do ser humano.
Eu sei, são palavras duras, mas como definir um indivíduo que durante o ano luta para manter uma imagem perante os demais, participa de processos dentro da empresa e num arroubo de alegria bebe feito um perú em véspera de natal, vômita, perde o óculos e fica caído no chão do metrô, cai de vestido com as pernas abertas, "pega" uma menina e praticamente engole a cabeça dela enquanto a beija, dança o Créu com vestidinho branco e curto, sai carregada pelo segurança para o pronto socorro pois bebeu além da conta. Ah, por favor, sem demagogia, muita estupidez.
Entendo que a festa é para se divertir e descontrair, mas sem exageros. Tanto dentro da empresa quanto nas festas somos observados e analisados. Sem contar que todos os vexames são motivos para conversa atééééééé cansar.

Ontem pensei que a festa estava comprometida, pois a calça que comprei para ir descosturou quando fui vestir (calma zente, foi na perna, nada comprometedor XD), mas depois de muita procura, consegui uma linha para costurar.
Depois saímos para ir ao salão que ficava próximo a empresa. Como estava escuro decidimos ir de táxi. Mas os taxistas estavam jogando e não quiseram fazer uma corrida, que para eles, não valia a pena (trabalhar pra que, né!?). Minha amiga ficou muito, muito, muito puta!!!
Depois de passada a raiva, curtimos a festa (cantei muito, dancei muito, até arrisquei um samba).

A volta pra casa foi divertidíssima.
Demos muitas risadas esperando o metrô abrir.

Sinto muito cansaço e ainda vou para o Kart com meu amorzão, mais lindo e mais perfeito.


sábado, 4 de dezembro de 2010

Se tem uma coisa que me alegra...

é quando o meu computador dá pau!!!

Ah, a tecnologia (suspiro)!!! Féla de uma mãe!!! Te odeio!!! (mentira).
Eu fico muito puta quando estou digitando freneticamente e o computador trava ou desliga sozinho. E nem adianta dizer que isso é B.I.O.S*, que não é não!!!
Tem dias que até desisto de escrever por conta disso!

Depois de uma enfiada de pé homérica na minha dieta, voltei com o pique total!!!
Agora faço juz ao que gastei com a a academia.
Tenho feito 1h de esteira.
Comecei a fazer musculação para fortalecer a musculatura do meu bracinho e em breve para outras partes do meu corrrpinho sedutor ;]
A dança vai muito bem obrigado, mas cada vez um pouco mais difícil. Mas chego lá um dia.

O ano está terminando e na boa, nem vou fazer aquele diacho de lista para o próximo ano. Nunca consigo cumprir aquele droga -.-
Tipo:
- Serei uma boa menina;
- Não gritarei com a minha mamis dentro da minha mente (porque se gritar mesmo tomo uns tapas);
- Plantarei uma árvore;
- Não tentarei explodir a cabeça da minha irmã com o poder da minha mente (se funcionasse... ah...);
- Serei mais paciente;
- Vou dormir mais (hahahahahahahahahahahahahahahahahahahaharespirarespirahahahahahahahahahahaha);
- Serei uma pessoa doce!!!!

Ah vá!?

Acho que não precisa de uma lista pra fazer coisas no ano seguinte. É só viver a vida de maneira simples e da melhor forma possível.
E acima de tudo ser feliz!

PS: Até o fechamento desse post o PC não desligou nenhuma vez... mas travar...



*Bicho Ignorante Operando o Sistema