quinta-feira, 28 de julho de 2011

Fiz 30...

e agora?



Preciso dizer que esse é o maior tormento da minha vida!
Não venham me dizer que sou jóvem, porque não sou porcaria nenhuma (deu pra sentir o rancor, néam!?)!
Já fiquei deprimida, já chorei, já fiquei emburrada e preciso dizer uma coisa caro leitor, continuo com 30!
Sou uma tiazinha. Essa é a real.
Não sou lá muito gostosa, nem a mais bonita da cidade (hehehe), mas tô aí. Mas não tô na pista pra negócio.
Quando minha mamis veio me dar parabéns logo pela manhã, pareceu que o mundo desabou na minha cabeça! A pior parte foi: "30 né A. Que você faça mais 30 e mais 30 e mais 30..." respondi docemente: "Claro, aí viro a Dercy e fico sem ver o Corinthians ser campeão das libertadores!".
Minha tia ligou depois e disse: "Trintão em Aline?" só consegui soltar um gemido em resposta pra não xingar.
Meu namorado não se manifestou, mas sei que ele ainda vai fazer alguma piadinha, qualquer dia desses.

Aposto que estão pensando: "Para com isso garota, 30 não é o fim do mundo!!!!"

Pra você baby que não chegou nos 30 ou que já passou e tenta se conformar com a idade!
Ótimo pra quem já chegou e está super feliz. Admiro quem consegue.
Não me sinto confortável com essa idade e tão pouco vou mentir pra ninguém tentando esconder o óbvio.

Pense que estou me tornando biológicamente inviável, com maior propensão para obesidade, doenças cardíacas e AVC's, a libído aumenta (e nem sempre seu parceiro está disposto a enfrentar uma marotona de 12 horas de sexo selvagem com direito a pendurada no lustre), você começa a achar roupas com print animal bacanas e por aí vai (só falta começar a ouvir Odair José).

Vivaaaaaaaaa os 30, néam!?
E por favor, não me venha dizer que todo mundo envelhece, que faz parte do ciclo natural das coisas e todo aquele blábláblá motivador que não adianta. Não vou voltar a ser zóvem denovo.
Não se preocupem, aceito minha velhice constante, não vou ficar como a Gretchen ;]

Se acham que estou ranzinza, pense em quem me vê todos os dias!?

Mas acho que ter 30 anos deve ter alguma vantagem, só não encontrei ainda...

4 comentários:

Dani disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Certeza absoluta que vc bebe ou seu
cerebro NÃO é normal!!!!!!!

O texto está ótimooo!!!!! Adorei!!!!! Parabéns pelo texto e pelos 30 ihihihihihihihih

PS: Absolutamente NADA mudou após os 30!!!!!!!!!

Princess Thais disse...

Oi,
Quando eu fiz 15,me disseram que eu seria mulher,tudo seria diferente e blá,blá,blá...estou com 16 e ainda não vi nenhuma diferença!
Para mim isso é tudo intriga da oposição,você continua a mesma pessoa doce de sempre!
Parabéns pelos 30!kkkk
Você ganhou um selinho do meu novo blog:
princessthais01.blogspot.com
Beijos

Melissa's disse...

uahsuahsuahs

Parabéns, pelo seu aniversário!
Ah se podéssemos voltar no tempo!Mas enquanto os cientistas não inventam uma máquina do tempo,a saída é envelhecer conformada,ou não.
Veja pelo lado bom,você chegou aos 30!Em 1800 a Esperança de Vida era de 25 anos hein!

Te desejo o melhor e por favor não me mate!

Bjs
Mel

vannybraga disse...

Também fiz gata...agora a pouco!!! rsrsrrs
Mas não me senti assim mas um pouco frustada...
Mas acho que nóizi sobrevéve!!! ;)

Bjos!!!Adoro seu blog!!!! :D